Maria Ivone Vairinho e Poetas Amigos

Abril 17 2010

25 de Abril de 1974

 

 

Oh! Minha pátria-mãe, oh!Minha querida,

Como te amo agora! Quantas vidas

Perdeste sem salvar, quantas partidas

Sem nunca mais voltar, desiludida...

 

Ontem era o pó, a cinza, o nada,

O barco cheio de água a naufragar...

Hoje és um povo livre a querer e a amar

És a alegria, o sol, a madrugada!

 

Sonha agora, país à beira-mar,

Que as balas já são flores e amanhã

Poremos outro barco a navegar...

 

A árvore vai nascer e um pomar

E os frutos que colhemos p'la manhã

Hão-de ser doces... como o despertar!

 

 

LINA CÉU

in (Terra Rasgada)

publicado por virginiabranco às 23:36
Tags:

Abril 17 2010

 

 

Lembras-te, meu amor, dessa viagem

para a lua de mel e da magia;

o comboio a trinar, em sinfonia

com a visão do mar, suprema imagem?...

 

 

Viam-se arcadas, torres e ramagem

e gaivotas dançando de alegria;

palacetes, igrejas, romaria

e beijos despertando na paisagem.

 

O comboio a trinar, nos seus caminhos,

levava nossos sonhos e carinhos

num vagão de esperanças e de afectos.

 

Levou a nossa história, sempre linda,

O comboio que trina e leva, ainda,

Em passeios, à tarde, os nossos netos!

 

 

GLÓRIA MARREIROS

in (Emoções Em Terra Doce)

 

publicado por virginiabranco às 23:20

Abril 17 2010

 

 

depois de cada sonho a exaustão. e a sensação

estranha de um mundo novo. nas mãos vazias de uma

noite que vinha maravilhada e insinuosa. e tão diferente.

era apenas mais um dia alguns dirão. e os outros mais

aqueles que ficaram. eram tão breves que viviam de

véspera o absurdo de só alimentarem o sonho uma vez

por ano. mas nós ficávamos acordados até mais tarde.

esperando no corrimão o pai natal que vinha

devagarinho piscando o olho. ao cimo da escada.

e sorríamos da tanta ingenuidade e gratidão

ao colo da eternidade.

 

 

JOAQUIM MANUEL PINTO SERRA

in (Pelas Margens da Serenidade)

publicado por virginiabranco às 22:40

Abril 17 2010

 

Caíram-me folhas, já secas, no peito

Vazias de seiva, já mortas, crestadas…

Folhas sopradas por um sonho imperfeito

Parido nas bermas de muitas estradas

 

Choveram-me pedras de muitas calçadas

Formando-me rios nas pernas e braços…

Cavei muitas covas em noites cerradas

Sepultei esp’ranças envoltas em laços

 

Matei e morri galopando quimeras

Subi e desci as ruelas do fado

Entreguei meu corpo a muitas esperas

Dormindo de pé e sonhando acordado

 

Desnudei prazeres em camas geladas

Falseei ternuras e encenei paixões…

Toquei seios belos, cor de madrugadas,

Satisfiz desejos em muitos colchões

 

Beijei, sem pudor, belas bocas famintas

Abertas a línguas de muitas promessas…

Servi-me de luas em taças bem limpas

Saltei de janelas a mando de pressas

 

Perdi-me num mundo de encruzilhadas

Chafurdei em lamas e águas imundas

Entrei, obrigado, em falsas cruzadas

Tropecei e caí em covas profundas

 

Remei como louco a barcaça da vida

Cansei-me e há muito o rumo perdi…

Agora que lambo a crosta da f’rida

Meço e aponto o que então não medi

 

Nasceram-me calos nas pontas dos dedos

Na pele os sulcos vermelhos das rugas…

As sombras, nos olhos, pintaram-me medos

Barreiras d’idade estorvam-me fugas

 

Os dias já passam bem mais vagarosos

Escadas parecem não mais terminar…

Invernos já são bem mais impiedosos

Como finas espadas a querer me matar

  

Já me falta o calor dos tempos d’outrora

E que hoje, amor, buscas fria em meus braços…

São secos e breves os beijos agora

Na cama, os corpos, mais frios e lassos

 

Mas abunda em nós ternura e carinho

Este amor que o tempo soube levedar…

Passado é passado! Ficou p’lo caminho

São poemas da vida que quis te contar

 

Abgalvão (In poemas da vida)

publicado por palavrasaladas às 19:17

Este blogue está aberto aos co-autores e Poetas Amigos de Maria Ivone Vairinho
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
14
16

20
23

26
29


links
pesquisar
 
Tags

11 poemas inéditos de carlos cardoso luí(1)

25 anos app(11)

ada tavares(18)

adriano augusto da costa filho(39)

albertino galvão(11)

albina dias(18)

alfredo martins guedes(2)

ana luísa jesus(4)

ana patacho(3)

anete ferreira(3)

antónio boavida pinheiro(22)

app(5)

armindo fernandes cardoso(3)

bento tiago laneiro(5)

carlos cardoso luís(13)

carlos moreira da silva(2)

carmo vasconcelos(22)

catarina malanho semedo(2)

cecília rodrigues(48)

cláudia borges(8)

dia da mãe(8)

dia da mulher(9)

dia do pai(6)

donzília martins(8)

edite gil(68)

elisa claro vicêncio(4)

euclides cavaco(100)

feliciana maria reis(4)

fernando ramos(20)

fernando reis costa(3)

filipe papança(11)

frances de azevedo(2)

gabriel gonçalves(14)

glória marreiros(20)

graça patrão(6)

helena paz(15)

isabel gouveia(3)

jenny lopes(11)

joão baptista coelho(1)

joão coelho dos santos(7)

joao francisco da silva(4)

joaquim carvalho(3)

joaquim evónio(9)

joaquim sustelo(70)

judite da conceição higino(4)

landa machado(1)

liliana josué(45)

lina céu(5)

luis da mota filipe(7)

manuel carreira rocha(4)

margarida silva(2)

maria amélia carvalho e almeida(6)

maria clotilde moreira(3)

maria emília azevedo(5)

maria emília venda(6)

maria fatima mendonça(2)

maria francília pinheiro(3)

maria ivone vairinho(14)

maria jacinta pereira(3)

maria joão brito de sousa(69)

maria josé fraqueza(5)

maria lourdes rosa alves(4)

maria luisa afonso(4)

maria vitória afonso(8)

mário matta e silva(20)

mavilde lobo costa(22)

milu alves(6)

natal(16)

odete nazário(1)

paulo brito e abreu(6)

pinhal dias(9)

rui pais(8)

santos zoio(2)

sao tome(10)

susana custódio(15)

tito olívio(17)

vanda paz(23)

virginia branco(13)

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO